ANDREIA REGO

O meu gosto pela beleza sempre esteve muito presente, embora tenha seguido diferentes caminhos até me render completamente à minha paixão.

 

Recordo-me que a maquilhagem entrou na minha vida em criança quando via a minha mãe a colocar o seu batom rosa.

 

Eu pedia-lhe para me pôr nos lábios, e ela carinhosamente, dava-me um beijinho para ficarem marcados. Desde essa época que sempre vi a maquilhagem como um gesto de amor.

  • Facebook